terça-feira, 24 de setembro de 2013

Qual é o seu preço?

É comum hoje em dia ver as pessoas muito preocupadas com a aparência, como se isso fosse tudo na vida delas. Compreendo que ter uma aparência saudável, bonita, ser desejado, faz muito bem para o ego e eleva a auto estima.

Só que além daí se torna algo muito perigoso porque somos seres que tem um ciclo natural da vida; ou seja, nascemos, nos tornamos crianças, adolescentes, jovens, adultos e atingimos a velhice como tudo que existe vida na terra, segue uma ordem.

Quando colocamos a aparência física a frente como se isso fosse tudo, estamos desvalorizando a vida e dando mais valor para a matéria. O que tenhamos que entender, é que; o nosso corpo é a roupa do espírito e toda roupa, sofre seu desgaste natural e um dia acaba sendo inutilizada. O que devemos fazer, é cuidar bem do nosso espírito, tendo bons pensamentos, tendo hábitos saudáveis, ser mais regrado evitando os excessos. Nada em excesso, faz bem!
Tem pessoas que fazem de tudo para não ficarem velhas, fazem cirurgias, pagam qualquer preço em nome da vaidade, as vezes até com a própria vida!

Nos somos seres maravilhosos iluminados por Deus, tudo que as pessoas dão valor aqui na terra, é mera ilusão, quando partimos para outro plano, tudo isso aqui não tem mais nenhum significado, a não ser o aprendizado que levamos conosco. O restante fica para trás. Vamos valorizar nossa capacidade de aprender e evoluir. Vamos guardar o que vai fazer diferença no nosso aprendizado, isso sim vale a pena, isso que nos tornará seres especiais.
A felicidade está nas coisas mais simples da vida!


Postar um comentário